Pular para o conteúdo

A Soberania das Reuniões do Círculo

Certa vez, estava participando com um papel menor em um círculo que estava experimentando a Holacracia. Um novo facilitador havia sido eleito na última Reunião de Governança, e esta seria a primeira Reunião Tática que ele facilitaria.

Cheguei cedo na reunião, mas infelizmente após passados 10 minutos, mais da metade dos participantes não haviam ainda comparecido, incluindo o Elo Principal. A Secretária então perguntou o que deveríamos fazer. Eu falei que não havia quórum para as Reuniões do Círculo, mas que ela poderia reagendar caso achasse melhor dessa forma. E foi o que ela fez. Reunião cancelada e reagendada para outro dia.

Para a minha surpresa, em seguida, recebemos um email do parceiro que desempenhava o papel de Elo Principal do Círculo:

Queridos,

Peço desculpas pelo atraso. Serve como aprendizado, para mim e para todos os demais que não cumprem com a agenda e horário… Senti que todos perdermos com o cancelamento, que eu respeito. Entretanto, não compreendi a razão do mesmo, uma vez que segundo a nossa constituição, ela deveria ter ocorrido de qualquer forma, conforme artigos abaixo. Entendo que temos um combinado, claramente definido pela constituição, que define nossos direitos e deveres, e que não foi 100% atendido hoje. Para que isto não se repita, cabe a todos nós o profundo entendimento destes deveres para agirmos com liberdade e responsabilidade.

Lembro que a reunião tática não é minha, é de todos nós, de cada um de nós […]  Espero que vocês se apropriem dela.

E ele estava certo. Logo que li, pensei: “como deixei passar essa”. O Artigo IV, deixa muito claro que as Reuniões do Círculo têm maior prioridade que a execução do trabalho em si.

4.1.3 Dever da Priorização

Reuniões Solicitadas mais que Execução: A pedido de um colega Membro do Círculo, você deve priorizar atender quaisquer reuniões do Círculo exigidas por esta Constituição mais do que executar as suas próprias Próximas-Ações. Contudo, você ainda pode recusar o pedido se você já tem planos agendados para o horário da reunião, ou se o pedido foi para uma série contínua ou padrão de reuniões em vez de uma instância de reunião específica.

Mas por quê? Uma comparação com o framework Scrum

No framework de desenvolvimento de produtos Scrum, existem 4 reuniões frequentes (reunião diária, planejamento, revisão e retrospectiva) que o time utiliza durante o ciclo de desenvolvimento. Assim como a Holacracia, um dos pilares do Scrum é a transparência, sendo que estas reuniões constituem oportunidades para os agentes do sistema (os membros do time Scrum) inspecionarem e adaptarem os processos e o produto em desenvolvimento. Por exemplo, a Reunião Diária é um momento em que os membros do time respondem três perguntas: “o que você fez desde o útlimo encontro?”, “o que você vai fazer a partir deste?” e “quais são os impedimentos?”. A cerimônia tem um propósito importante de gerar essa transparência, colocando as informações à disposição de todos e dando insumos para o time se auto-organizar.

A Reunião Tática da Holacracia possui um momento similar, onde diversas informações, tais como Métricas, Checklists e Projetos, ganham visibilidade e permitem que o grupo, da mesma forma que na reunião diária do Scrum, se auto-organize.

O que acontece se os membros do círculo não comparecerem à Reunião Tática? O mesmo que acontece se os membros do time Scrum faltarem à reunião diária! Redução da transparência, que prejudica a auto-organização, e que por consequência reduz o comprometimento com o resultado. Outro fator importante da Reunião Tática é que ela também possui uma etapa onde os membros do círculo podem processar tensões operacionais, que estejam limitando os papéis no dia a dia. A ausência de muitas pessoas implica em uma redução da probabilidade de você conseguir o que você precisava.

Seja chato com as Reuniões! Elas são soberanas. Sem elas, o framework não se sustenta!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.